5 comportamentos dramáticos (e como evitá-los):

5min. de leitura

Quando pensamos em alguns comportamentos de pessoas excessivamente dramáticas, imaginamos alguém fazendo uma cena em um local público.



Esse comportamento é tão inadequado que é embaraçoso e engraçado, especialmente, para outros que estão assistindo a cena. Já quando você é a pessoa envolvida no drama, o humor é menos óbvio.

As pessoas dramáticas em sua vida, podem ser as que você mais deseja evitar, mas, às vezes, pode ser necessário interagir com elas.

Vejamos 5 dos comportamentos comuns de pessoas excessivamente dramáticas e como você pode procurar isso em si mesmo e evitar.

Pessoas dramáticas parecem gostar de serem emocionais, mas a verdade é que suas emoções são superficiais. Elas querem que as pessoas percebam como estão aborrecidas, frustradas, tristes ou ansiosas e querem resgate.


Não caia nessa armadilha, certifique-se de reconhecer os 5 comportamentos dessas pessoas dramáticas e como evitar se comportar assim:

1. Agressividade ou depressão

Autoagressão, arranhar a pele, beliscar, bater e socar paredes como uma criança são ações agressivas que envolvem comportamentos inadequados. Tendências de comportamento agressivo podem ser perigosas para aqueles que estão ao redor da pessoa dramática. Evitar a pessoa dramática, especialmente, se eles já tiveram esse comportamento antes. Pessoas extremamente dramáticas podem sofrer uma doença mental que pode exigir internação para evitar que eles se prejudiquem na tentativa de buscar atenção.


2. Comportamento embaraçoso

As pessoas dramáticas buscam atenção e farão de tudo para conseguir. Ao serem barulhentos ou desagradáveis, eles chamam atenção, o que parecem gostar de fazer. Quando pensamos em uma pessoa dramática, às vezes dizemos que estão sendo uma “Drama Queen” devido à nossa tendência a estereotipar as mulheres como as únicas a sofrerem desta condição.

Mas um Relatório recente divulgou que ambos os gêneros possuem a mesma incidência desse comportamento. Mas os profissionais de saúde mental costumam rotular os homens como antissociais e mulheres como histéricas, mesmo quando esses pacientes possuem características clínicas idênticas.



3. Infantilidade

Fazer escândalo é a marca dos dramáticos. Eles se comportam dessa maneira porque, na verdade, sempre foram assim. O comportamento infantil nunca parou para essas pessoas e nunca se tornaram adultos totalmente formados. Para evitar ter o mesmo comportamento, procure aconselhamento para lidar com quaisquer problemas residuais da sua infância que ainda estão aparecendo em sua vida pessoal.


4. Agir como se tudo fosse o fim do mundo

Se todos os dias tem algo “horrível”, “terrível” ou “trágico” nele, então, você pode ser uma pessoa que é propensa a ser excessivamente dramática. Também é possível ser excessivamente dramático no lado positivo, onde as coisas são “Fabulosas” o tempo todo.

Quando as pessoas dizem: “Oh, não é tão ruim” para você, pense nisso como um sinal de que você pode estar se comportando como uma pessoa dramática. Limite os extremos do que você fala, ambos em voz alta para os outros e para sua mente.


5. Eles são cansativos

Depois de falar com uma pessoa dramática, você sente que sua energia foi drenada. São vampiros de energia e eles sabem como sugar muita energia, eles prosperam com a energia dos outros e, se você não der a eles, eles tomam à força.

Uma pessoa dramática puxa você para o seu drama dizendo como eles não conseguem lidar com a situação atual e como você tem que fazer isso ou aquilo por eles. Use uma das suas palavras de poder e apenas diga “Não”.

________

Direitos autorais da imagem de capa: nicoletaionescu / 123RF Imagens

Traduzido pela equipe de O Segredo – Fonte: Power of Positivity

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.