Relacionamentos

“Ainda estou solteira porque ganho muito e os homens se sentem ameaçados por isso”

Mulher revela que seus relacionamentos são um completo fracasso quando os homens descobrem o quanto ela é bem-sucedida.



Acredita que o machismo é o grande culpado. Relacionamentos amorosos vão além do sentimento.

Claro que o amor é muito importante e essencial para que um envolvimento aconteça e se torne sério, mas existem outras vertentes que são levadas em consideração.

A dinâmica entre os envolvidos colabora ou prejudica o caminhar da relação, além de opiniões e comportamentos, que são construções do meio onde vivemos. Por isso, o tipo de relacionamento muda muito de uma região para outra.


Mas alguns padrões são definidos, e quando acontece uma quebra deles, muitos não conseguem lidar. Ultimamente, vêm acontecendo casos de mulheres independentes não conseguirem se relacionar afetivamente por causa do seu status.

Jana Hocking tem 36 anos e decidiu contar como as experiências amorosas acontecem em sua vida. Segundo o The Sun, ela declara que ainda está solteira porque ganha muito e os homens se sentem ameaçados por isso.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@ana_hocking.

Acredita também que eles não conseguem se relacionar com uma mulher determinada e ambiciosa. Eles sentem-se acuados, como se a masculinidade escorresse pelas mãos ao ver uma mulher ganhando mais e tendo total liberdade financeira.


Relata que é perceptível como o olhar muda quando uma mulher começa a contar a um homem sobre sua carreira, trabalho, incluindo suas ambições e objetivos. Acham que mulheres assim “não são boas para casar” ou não serão mães exemplares, já que para eles a figura feminina só serve para isso: cuidar do lar e criar filhos.

Ela admite saber que nem todos os homens pensam dessa forma, mas baseia-se em suas experiências e no que viveu amorosamente. Afirma que são poucos os que torcem verdadeiramente pelo sucesso da companheira, mesmo que isso signifique que ela ganhe mais do que ele.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@ana_hocking.

Jana acrescenta que esse tipo de pensamento é retrógrado e do tempo das cavernas, mas que está profundamente enraizado na sociedade. Foi-se o tempo em que o homem era um grande caçador e que a mulher deveria sempre ser protegida e ficar na segurança da toca.


Já escutou de alguns ex-companheiros que ficam preocupados pelo fato de as mulheres invadirem a energia masculina, porque o homem foi treinado para fazer tudo, enquanto a mulher, não.

E quando encontram uma que seja exigente e ocupada com seu trabalho, automaticamente a descartam, justificando que não serão boas escolhas para um relacionamento que envolva crescimento familiar.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@ana_hocking.

Jana conclui que qualquer homem que pense dessa forma deve ficar bem longe de mulheres ambiciosas, porque é injusto elas mudarem seus objetivos ou diminuírem suas ambições por causa de um comportamento tóxico. E finaliza afirmando que seu tempo é precioso demais para desperdiçá-lo com quem não o merece.


Time feminino norueguês de handebol de praia se recusa a usar biquíni para jogar e seleção é multada

Artigo Anterior

Repórter julgada por vender comida na rua responde a críticas: “Vergonha é roubar ou ser medíocre”

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.