Ainda me lembro de como tudo começou, mas nunca vou esquecer de como terminou…

4min. de leitura

Ainda me lembro da primeira vez que nos encontramos e da maneira como você me fez sorrir. Mas nunca vou esquecer as noites que você me fez chorar e as noites em que se afastou.



Ainda me lembro de como sua mensagem ou ligação transformava um dia terrível em pura magia, e de como eu imaginava que todos os meus dias seriam mais brilhantes com você. Mas eu nunca vou esquecer a felicidade que você roubou de mim algumas noites, as noites que foram mais escuras por sua causa, e as noites em que dormi de tanto chorar.

Ainda me lembro do jeito que você olhava para mim quando eu era tudo o que você podia ver e tudo o que queria, ainda me lembro das palavras que você sussurrava quando ninguém mais estava por perto, e das promessas que me fizeram ver uma vida com você.

ainda-me-lembro-de


Mas eu nunca vou esquecer a forma como os seus olhos mudaram, de como eles ficaram distraídos e confusos, e eu nunca vou esquecer de como você lentamente começou a quebrar todas as promessas.

Ainda me lembro da noite em que te segurei em meus braços quando você estava machucado, como você me disse para não te deixar ir, e me lembro de te dizer que ficaria pelo tempo que você quisesse. Mas eu nunca vou esquecer as noites em que precisei de você, e você não estava lá, e as noites de verão com você que se tronaram frias.

Ainda me lembro do tempo em que você quase me pediu em casamento e disse-me que eu era a única, e ainda me lembro de como eu sempre pensei que nosso teria o seu sorriso e nossa filha, os seus olhos. Mas eu nunca vou esquecer como você me fez sentir invisível, quando ficou tão preso em sua vida e prioridades, e eu de repente não estava mais entre elas.


Ainda me lembro como você me deu um novo significado para a família, me lembro que me disse que ensinaríamos aos nossos filhos como a vida deve ser. Mas eu nunca vou esquecer como você lentamente tornou-se o homem que disse que nunca iria ser, como você se tornou indiferente, sem paixão, e como se tornou solto e me deixou ainda mais temerosa de começar a minha própria família.

Ainda me lembro dos momentos doces de quando estávamos apaixonados, mas nunca vou esquecer a dor e os momentos que nos afastaram.

Eu acho que você sempre será o meu primeiro amor e meu primeiro desgosto, e acho que o amor que nos faz sorrir é o mesmo amor que nos faz chorar.

Ainda me lembro de como eu disse que sempre voltaria para você, mas eu nunca vou esquecer que prometi a mim mesma não olhar mais para trás, quando decidi partir.

___

Traduzido pela equipe de O SegredoFonte: Thought Catalog

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.