Amor não é controle ou exigência, é liberdade e confiança

Quando nutrimos o amor e o respeito por nós mesmos, percebemos que somos o suficiente, e que o amor que mais precisamos é o amor-próprio, qualquer outro é apenas complementar. 

Uma crença muito comum, quando se trata de relacionamentos românticos é que o amor de verdade deve doer e exigir sacrifícios. Muitas pessoas pensam que é comum deixar todos os seus sonhos e planos de lado para se submeter às vontades do outro parceiro, como se o amor exigisse que alguém se desfavorecesse em favor do outro.

Isso não poderia estar mais longe da verdade, e quando uma pessoa percebe que está em uma relação tóxica, que suga toda a sua felicidade e esperança, quando deveria fazer exatamente o oposto, sente-se perdida no meio de uma escuridão que tira toda a sua visão e capacidade de agir. Esses momentos são muito doloridos, mas também podem ser uma grande chance de nos reconstruirmos e caminharmos em direção às vidas que desejamos viver.

O amor de verdade só pode existir quando a liberdade está presente, quando entendemos que somos donos de nós mesmos e não devemos abrir mão de nada do que é nosso para estarmos com outra pessoa.

Alguém que deseja nos controlar e definir como devem ser nossas vidas não é alguém que nos ama de verdade e que merece a nossa atenção.

Quando nutrimos o amor e o respeito por nós mesmos, percebemos que somos o suficiente, e que o amor de que mais precisamos é o amor-próprio, qualquer outro é apenas complementar. Nossos relacionamentos se baseiam em pessoas que gostaríamos de ter em nossas vidas, não nas pessoas que precisamos ter em nossas vidas.

Entenda que o amor deve chegar em nossas vidas em paz e assim permanecer. O que sustenta o amor é a forma como as duas pessoas se tratam e qualquer atitude que indique possessividade e desrespeito é um mal sinal.

Se você está em uma relação ruim e deseja reconquistar a sua liberdade emocional, é necessário restabelecer um vínculo consigo mesmo, entendendo quem você realmente é e todo o seu potencial de viver com plenitude e felicidade.

O verdadeiro amor não quer possuir, controlar; quer libertar. Ele entende que ninguém é dono e de ninguém, e que um casal deve compartilhar a vida juntos, valorizando e os objetivos dos dois.

Você não precisa e nem deve ficar do lado de alguém que lhe faz mal apenas para manter as aparências, existe um amor muito melhor esperando por você, e ele começa dentro de você mesmo.

Reconheça a pessoa incrível que você é e tudo o que merece dessa vida, e deixe para trás todos os apegos tóxicos que o levam para baixo e o fazem perder o amor e a confiança em si mesmo.

Você é incrível e merece as melhores coisas vida. Esteja com alguém que reconheça o seu valor e lhe permita ter a liberdade de ser quem é. As outras pessoas, deixe de fora.


Texto escrito com exclusividade para o site O Amor. É proibida a divulgação desse material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.


Direitos autorais da imagem de capa: Vera Arsic/Pexels.




Deixe seu comentário