4min. de leitura

Às vezes, você precisa enfrentar o pior tipo de amor para aprender a apreciar o certo, quando ele chegar

Nós não nascemos sabendo amar, assim como tudo na vida, o amor é um aprendizado.



O amor é um sentimento que vai se aconchegando dentro de nós em cada experiência que compartilhamos, seja dentro da família, com os amigos ou parceiros românticos.

E, por mais que seja um dos sentimentos mais positivamente transformadores que podemos experimentar, o amor nem sempre é um mar de rosas, ele nem sempre chega mudando nossa vida para melhor e trazendo um “felizes para sempre”.

Um sentimento de tamanha importância precisa ser valorizado da maneira certa, por isso, antes de se apresentar a nós, em sua forma mais pura, ele chega por meio de pessoas egoístas, manipuladoras, emocionalmente indisponíveis ou ausentes.


Às vezes, é apenas pelo pior tipo de amor que aprendemos a valorizar o certo.

Nós não respeitamos muito tudo aquilo que recebemos fácil demais. Substituímos as coisas boas e simples, porque as julgamos muito monótonas; queremos a emoção da busca e da conquista, por isso o amor verdadeiro não se entrega facilmente a nós.

Para o amor nos encontrar, ele precisa entender que saberemos valorizá-lo, que cuidaremos dele como uma joia preciosa, e faremos o nosso melhor para trazer felicidade à pessoa que ele colocar em nossa vida.

Ele precisa se certificar de que não seremos egoístas nem maldosos, ele precisa garantir que deixaremos de lado todas as nossas experiências e nos comprometeremos com o presente, sempre trabalhando para criar um futuro de felicidade e companheirismo.


O amor coloca obstáculos em nossos caminhos não para nos fazer sofrer, mas para nos preparar para a melhor versão dele, que um dia chegará até nós.

O amor quer que abandonemos tudo aquilo que limita e fere a nós e às outras pessoas.

Ele quer que cresçamos, que seja uma experiência positiva, por isso só o recebemos quando sentimos que estamos preparados para agir com responsabilidade.

Muitas vezes, as dores dos outros relacionamentos foram ensinamentos que ele nos trouxe. O amor nos molda pouco a pouco em cada relação, até podermos receber a pessoa certa, com maturidade.

Portanto não se lamente nem culpe o Universo por suas experiências negativas, mas agradeça, porque isso significa que você está sendo preparado para o melhor relacionamento de sua vida, aquele que será duradouro e fará de você uma pessoa melhor.

 

Texto escrito com exclusividade para o site O Amor. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos. Direitos autorais da imagem de capa: Samad Ismayilov/Pexels.

Você sabia que O Amor está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.



Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.