Relacionamentos

Especialista em relacionamentos aconselha mulheres a nunca se casarem. “Beneficia somente os homens”

Uma mulher da Austrália publicou, em suas redes sociais, por que as mulheres devem evitar de se casar.



Sabemos o quanto o casamento é idealizado por muitas mulheres. O sonho de ter uma celebração, de unir duas verdades e construir uma vida juntos é algo que cresce em muitos corações. Não só nos femininos, os homens também possuem esse sonho, mas a sociedade sempre nos prova o contrário.

Quanto mais avançamos no tempo, mais observamos uma gama de mulheres que não são a favor do casamento por vários motivos. Uma em questão resolveu expor toda a sua opinião e apresentou dados de pesquisas para confirmar sua constatação.

Nadia Bokody explicou que o casamento nada mais é do que um conceito patriarcal que beneficia enormemente os homens e prejudica as mulheres. Sua fala causou debate nas redes, mas ela não muda sua opinião.


Especialista em relacionamentos, Nadia afirma com base em pesquisas que os homens ganham mais e vivem mais por causa do resultado do trabalho doméstico não remunerado que as esposas desempenham para eles.

Segundo informações do The Sun, a especialista continua seu raciocínio, mostrando que mulheres solteiras vivem mais e ganham mais, além de demonstrar níveis mais elevados de felicidade.

A pesquisa que Nadia usou para corroborar suas afirmações diz que quanto mais alto é o QI de um homem, maior a probabilidade de ele se casar. Para as mulheres, é o oposto. Quanto mais alto o QI delas, maior é a ambição e o sonho de realizar coisas para si mesmas.

O estudo em questão que a guru dos relacionamentos citou em suas publicações também saiu no New York Times. Intitulado “Projeto da longevidade”, mostra como as mulheres que vivem mais tempo e são bem-sucedidas em vários setores não colocam no casamento a fonte da felicidade de sua vida.


Nadia acrescenta que espera que “homens frágeis” inundem seus comentários com ofensas, chamando-a de “odiadora de homens”, mas ela diz não se abalar e mantém sua opinião.

Em sua explicação, ela diz que a pesquisa mostra como as mulheres dobram a carga doméstica quando se casam e assumem a maior e mais cansativa parte da criação dos filhos. Isso acontece em quase 100% dos lares, mesmo que a esposa trabalhe fora e fique a maior parte do tempo fora de casa.

Como resultado disso, mulheres ganham menos e a progressão na carreira vai diminuindo, até porque muitos locais dão prioridade para solteiras, e as casadas ou mães não recebem o mesmo salário. Esse cenário para os homens é promissor.

Por serem casados e pais, colhem o benefício de serem “provedores” da família, com isso a propensão a promoções na carreira acontece muito mais. Esposas ajudam seus maridos a conseguir cargos altos pelo trabalho não remunerado que fazem dentro de casa, revela a especialista.


Professora ganha as redes sociais após faixa em carro pra comemorar separação

Artigo Anterior

Mulher é demitida ao dizer que pessoas não podem mudar de gênero. Processou o local e ganhou a ação

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.