Relacionamentos

Esposa garante que o segredo para manter um casamento feliz é namorar outras pessoas

Ela diz que ter um relacionamento aberto possibilitou mais alegria em sua vida e passa isso para seus filhos. Entenda o caso!



Inicialmente, o relacionamento de Jessica Levity e Joseph Daylover era tradicional.

Segundo informações do The Sun, eles foram monogâmicos por um tempo, até que um amigo falou sobre o poliamor, sobre ter múltiplos parceiros. A ideia agradou inicialmente a Jessica, que convenceu seu marido a tentar isso antes de se casarem.

Deu certo, e oito anos depois tanto ela quanto o marido afirmam que foi a melhor decisão que já tomaram. Eles explicam como a dinâmica funciona. Os dois podem namorar pessoas fora do casamento, podendo se dedicar a elas uma noite por semana para cada um. Se preferir, podem sair com a pessoa e passar a noite fora.


O casal garante que isso fez com que a relação deles se elevasse a outro nível, por esse motivo o casamento é mais feliz do que o de outras pessoas. Já tiveram cerca de 20 namorados e namoradas, podendo até mesmo compartilhar a mesma pessoa.

Jessica tem 35 anos e Joseph, 40. Têm dois filhos e não escondem sua dinâmica familiar. O marido tem uma namorada de longa data, Lore Hempstock, de 33 anos. Jéssica namora John Poster, Toocha Rose e Kayci Lyyn.

O casal diz que não consegue se imaginar monogâmico nunca mais e considera que namorar outras pessoas é uma forma de autocuidado. Jessica afirma que não tinha ideia do que era o poliamor até seu amigo falar sobre isso, e que era exatamente o que estava procurando.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@homesliceproductions.


Declara que é casada com seu melhor amigo, criando os filhos juntos e explora a conexão com outras pessoas. Isso é viver no êxtase, segundo sua opinião. Joseph adiciona que não se trata apenas de namorar outros, e sim de cuidar da saúde mental e garantir que as necessidades dos outros sejam atendidas.

Jessica diz que eles trabalham em equipe para garantir que cada um tenha uma noite para si, dão uma pausa na parentalidade e priorizam-se. Os parceiros mais sérios fazem parte da família, participando de jantares e ajudando com os filhos, e estão felizes em abrir espaço para isso que, de acordo com eles, contribui para uma vida familiar harmoniosa.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@homesliceproductions.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@homesliceproductions.


O casal declara que é um estilo de vida comunitário que propôs uma melhora no seu relacionamento, deixando-o mais seguro e amoroso. Ambos são abertos com os filhos pequenos e pretendem criá-los de acordo com o modelo de vida que seguem.

Declaram que isso vai ajudar a educá-los sobre os diferentes tipos de conexões humanas que existem, e que conseguirão se comunicar mais facilmente, além de estabelecer limites claros e defender o que você quer em um relacionamento. Concluem dizendo que o modelo poliamoroso torna mais fácil a criação deles.

Tanto Jessica quanto Joseph concluem que muitos não entendem esse relacionamento, mas que ele é perfeito para a unidade familiar que criaram e não enxergam um futuro sem essa prática.


Proibido de namorar na adolescência, casal se reencontra e se casa após 50 anos graças à filha!

Artigo Anterior

Mãe necessita de cesárea, depois de longo trabalho de parto, e sogro a acusa de ser preguiçosa

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.