Relacionamentos

Essas são as 5 etapas que você deve seguir para curar seu coração partido!

Essas são as 5 etapas que você deve seguir para curar seu coração partido

Ter o coração partido dói, mas essa dor não vai durar para sempre, então levante a cabeça e confira os cinco comportamentos que você deve seguir para se recuperar.



Entender como superar uma separação e o trauma de uma decepção com alguém que você tanto amou não é uma tarefa fácil. Você passa dias, meses e até anos se dedicando para fazer uma relação dar certo mas, no final das contas, percebe que todo esse tempo foi em vão. Isso dói e deixa marcas para sempre. Quem nunca teve um coração partido deve agradecer aos céus.

Manter um relacionamento é como manter um investimento, não com dinheiro ou influência, mas com tempo, atenção, cuidado, alguns dos “ingredientes” que podem fazer uma relação dar certo.

Mas a verdade é que nada garante que um amor dure para sempre. O máximo que podemos fazer é nos esforçar e torcer para que o outro também retribua todo esse empenho.


Quando isso não ocorre, o fim se torna iminente e, junto dele, o sofrimento. Mas entenda: se você está sofrendo com um coração partido, não caia na armadilha de acreditar que seus sentimentos de mágoa, tristeza ou traição nunca passarão ou que você nunca mais vai encontrar um novo amor.

Esse período de recuperação pode não ser o mesmo para todos, mas dar tempo ao tempo é a melhor forma de acelerar a cura do seu coração. Seu desgosto não vai durar para sempre. Se você quer saber quanto tempo vai levar para essa dor passar, a boa notícia é que há uma jornada que você pode seguir e que torna tudo mais fácil.

Confira as cinco etapas que você deve seguir para recuperar o seu coração:

1. Demonstre o que você está sentindo


Quando ignoramos os nossos sentimentos, estamos agredindo a nós mesmos, ao nosso sistema psicológico. Então chore quando estiver com vontade, grite no travesseiro, cante, coloque a sua raiva para fora. Por mais simples que sejam, estes exercícios permitem a você liberar suas emoções para que elas se afastem e deem espaço para novos sentimentos.

As emoções são energias e precisam ser expressas, colocadas para fora, caso contrário, elas ficam presas e nos sufocam, deixando nosso corpo e alma doentes.


2. Perdoe seu(sua) ex


O rancor é um dos piores sentimentos que existem, então você deve se livrar desse mal. Continuar culpando quem tanto o magoou só vai fazer com que você se lembre continuamente dessa pessoa, então deixe passar. Por outro lado, perdoar é uma das maiores dádivas que Deus nos deu e vai enfim tirar o peso do desgosto das suas costas.


3. Não se culpe

Por mais que tenhamos a consciência de que fizemos o que estava ao nosso alcance para que um relacionamento desse certo, em algum momento, acabamos nos culpando. Perguntamo-nos se tudo não teria sido diferente, se tivéssemos cobrado menos, dado mais espaço ou menos atenção. Não se culpe! Afinal, o tempo não volta atrás e, infelizmente, não há como agir diferente. Daqui para a frente, são novos horizontes e você deve estar focado no futuro.



4. Volte a se amar 

Quando saímos de um relacionamento frustrante, damo-nos conta de que vivemos muito tempo em função do outro e achamos que não seremos mais felizes sozinhos. Mas é exatamente o contrário. Separe um tempo para se redescobrir, programe a sua rotina, estabeleça novos objetivos. Trabalhe, leia, estude. Ocupar a cabeça é a melhor forma de passar o tempo e também o melhor remédio para esquecer uma desilusão amorosa.



5. Não duvide do amor

Não é só porque um relacionamento não deu certo que você deve desistir do amor. O amor é um sentimento puro, genuíno, verdadeiro, sinônimo de tudo o que pode fazer bem para um ser humano, quem o corrompe somos nós.

Se você teve o coração partido uma ou duas vezes, paciência, existem muitas pessoas por aí prontas para amar e fazer você feliz. Não duvide disso. Quando você menos esperar, o amor vai bater à sua porta e chamar você para uma nova e emocionante aventura.

Você já teve o coração partido?


Deixe o seu comentário e compartilhe nas suas redes sociais.

 

Texto escrito com exclusividade para o site O Amor. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos. Direitos autorais das imagens: Kirill Balobanov/Unsplash.


Foi por amor. Jesus se entregou como cordeiro ao sacrifício que não pertencia a Ele

Artigo Anterior

Este marido cuidando da esposa com demência é a maior prova de amor que você verá hoje

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.