Não se preocupe em ter um(a) namorado(a), mas em ter a pessoa certa ao seu lado

Não se preocupe em ter um namorado(a), mas aquela que tornará os seus dias mais felizes e sua vida mais completa.

Os relacionamentos românticos andam mais idealizados do que nunca. Com as redes sociais e os quase infinitos aplicativos de namoro, a sociedade está cada vez mais pressionada a ter alguém do lado, para se encaixar no padrão de felicidade que é imposto sobre ela todos os dias, seja através de fotos em sites e revistas, ou até mesmo nas reuniões de família em que a pessoa que está em um relacionamento é vista como melhor sucedida do que aquela que opta por viver sozinha.

Como uma maneira de se sentirem amadas e aceitas pelas pessoas, muitos de nós tornamos encontrar um relacionamento uma meta pessoal, que precisa ser alcançada o mais rápido possível, e nessa busca constante, acabamos negligenciando muitas coisas que realmente fazem a diferença em nossas vidas, como o amor-próprio, as amizades, e muitas vezes até mesmo o autorrespeito.

Ficamos tão focados em encontrar um(a) namorado(a), que  não avaliamos as pessoas que permitimos entrar em nossas vidas.

Ter alguém do lado é mais importante do que quem temos ao lado, e dessa maneira cada vez mais as pessoas se envolvem em relacionamentos tóxicos e infelizes, em que não existe amor, cuidado, preocupação e, muitas vezes, nem mesmo sincronia.

Os relacionamentos atuais parecem ter prazo de duração, e nenhum dos parceiros parece sofrer realmente quando as coisas não dão certo. Trocamos de relacionamento da mesma maneira com que trocamos de roupa, e apesar de ser bom não permanecermos muito tempo com alguém que nos faz infeliz, essa grande migração de parceiro para parceiro nos sugere que não estamos buscando relações que sejam duradouras, mas que satisfaçam alguma necessidade temporária.

Essa troca constante de parceiros, apesar de até certo ponto parecer inofensiva, mexe com o nosso lado emocional, com a autoaceitação, e nos faz questionar o que nos falta para que alguém realmente se apaixone por nós.

Na grande maioria das vezes, o grande problema não está em nós, mas sim nas pessoas com quem nos relacionamos e nos motivos pelos quais as queremos em nossas vidas. Enquanto quisermos alguém do lado apenas para preencher um espaço vazio – que muitas vezes não está vazio, pois é preenchido por nós mesmos – nunca encontraremos a pessoa que realmente deve estar ao nosso lado, porque ela chegará quando estivermos prontos para recebê-la.

Portanto, se estiver pensando em começar uma relação séria com outra pessoa, considere duas coisas: “eu quero esse relacionamento por mim mesma(o) ou apenas para agradar outras pessoas?” e “estou buscando uma pessoa que realmente será boa para mim e me fará feliz ou alguém para agradar os olhos alheios?”

Ninguém precisa de um relacionamento para ser feliz ou para demonstrar o seu valor, somos todos suficientes à nossa própria maneira, e se um dia quisermos nos unir a alguém, deve ser por vontade própria e por amor; se o motivo for qualquer outro, raramente será uma união saudável e feliz.

Não se preocupe em ter um namorado(a), mas em ter a pessoa certa ao seu lado. Aquela que tornará os seus dias mais felizes e sua vida mais completa, e que lhe mostrará que um relacionamento pode ser muito mais do que uma necessidade, mas sim uma verdadeira fonte de felicidade!


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: 123RF/jovanmandic




Deixe seu comentário