4min. de leitura

Nossos companheiros que compartilham o mundo conosco…

Em muitos momentos de nossas vidas nos esforçamos para conhecer e nos conectar a pessoas novas, para nos sentir estimulados e aprender novas maneiras de viver.

Mas em meio a essas novas experiências, acabamos encontrando pessoas tóxicas e negativas, que nos puxam para baixo.


Por isso, devemos valorizar a qualidade dos nossos relacionamentos, ao invés da quantidade. Devemos agradecer e valorizar as pessoas que, apenas com sua existência, nos fazem verdadeiramente felizes e nos permitem sentir coisas que nem imaginamos ser possiveis.

Essas pessoas maravilhosas nem sempre são nossos parceiros românticos, podem sem amigos que estão ao nosso lado nos momentos bons e ruins, lembrando-nos do quanto somos incríveis, admirados e amados, quando não conseguimos enxergar nada além de negatividade. O desafio, no entanto, é encontrar uma pessoa que, ao longo da vida, mantenha o mesmo sentimento e presença.

Quando encontramos essa pessoa, sentimos que somos apenas nós e elas contra o mundo.


Nós nos tornamos uma equipe que fortaleceu sua relação devido ao amor e companheirismo que compartilha. Tudo é menos assustador quando estamos juntos e a presença dessa pessoa nos motiva a seguir em frente.

Apesar de todas as dificuldades enfrentadas ao passar dos anos, sempre podemos contar com a presença do nosso parceiro. A sociedade é dura e nos julga o tempo todo, mas juntos nós superamos todas as negatividades.

Ao olharmos ao nosso redor, vemos muito ódio, tristeza, frustração. Essas coisas podem nos deixar desesperançosos e incapazes de acreditar que somos fortes o bastante para lidarmos com todas essas coisas. Porém, quando recebemos um abraço de nosso cúmplice, sentimo-nos tranquilizados e nossa esperança se restaura.

Por vezes, podemos pensar que nos tornamos dependentes dos nossos companheiros. Mas apenas um simples olhar ao redor revela pessoas conservando diferentes vícios, seja em substâncias, negatividade, alimentos, entre muitos outros. Em meio a tudo isso, que mal faz querer estar perto da pessoa que nos faz feliz? Ela nos nutre e nos torna mais capazes a darmos o nosso melhor para aqueles ao nosso redor, também.


O relacionamento saudável com sua pessoa acontece quando você sabe que ela é importante, mas não essencial para mantê-lo vivo. Apesar do seu amor e do infinito de sentimentos que compartilham, você deve ser capaz de ser feliz e completo por conta própria.

Nos relacionamentos saudáveis, as pessoas se complementam juntas, mas cada um é completo por si só.

Nosso cúmplice é alguém com quem compartilhamos nossos mundos, mas de quem não dependemos para ser felizes. Qualquer relação de dependência não é saudável, e por isso devemos estar com pessoas que nos proporcionem segurança na liberdade!

___________

Direitos autorais da imagem de capa: bowie15 / 123RF Banco de Imagens




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.