O amor exige tempo, paciência e o compromisso de dois corações apaixonados

4min. de leitura

Para que um amor dê certo, é preciso que duas pessoas busquem ser melhores uma para a outra todos os dias. 



Aos românticos de plantão, sinto muito, mas o amor, aquele amor verdadeiro, não surge “à primeira vista” para todo mundo. Pelo menos não para a grande maioria das pessoas.

Sortudos são aqueles que podem dizer que bastou uma troca de olhares para terem certeza de que aquela pessoa era com que queriam passar o resto de sua vida.

Mesmo quando nos identificamos rapidamente com alguém, seguimos certos estágios até ter a certeza de que aquela é a pessoa certa para nossa vida e nosso coração.


Começamos pelo primeiro jantar juntos, depois a tão esperada noite de amor e trocamos centenas de mensagens, diariamente, para só então cogitar a hipótese de uma relação mais séria.

Em seguida, quando o compromisso vai ganhando forma, passamos a conhecer o “outro lado” do parceiro: manias, defeitos e chatices, que a paixão não nos deixa perceber no primeiro momento.

A verdade é que cada uma dessas fases, por assim dizer, constitui o amor, porque esse sentimento é assim. Ele é construído, moldado por duas pessoas. O amor é um trabalho contínuo de dois corações dispostos a se dedicar e fazer o que está ao seu alcance pelo bem um do outro.

Esse sentimento é realmente um compromisso, no seu sentido mais literal. Não se trata apenas de dizê-lo aos quatro ventos, esperando que alguém nos possa retribuí-lo, sem que façamos por merecer.


Amar significa confiar em alguém mas, para isso, precisamos conhecê-lo em um nível profundo. A confiança, por exemplo, é um componente essencial do amor. E, justamente por ser algo tão importante, não podemos desperdiçá-la com qualquer pessoa.

Os seus medos e traumas do passado no amor devem ser deixados de lado, pois cada indivíduo é diferente do outro.

Você tem de estar disposto a se entregar novamente, porque o amor leva tempo para se desdobrar. Não é algo por que devemos nos apressar ou forçar para acontecer.

Se pretendemos encontrar alguém íntegro e que seja digno de um amor genuíno, devemos ser pacientes. O processo leva tempo e, durante esse período, nunca devemos perder a fé.

O amor é a maior prova da existência de Deus em nossa vida, afinal amor e bondade caminham juntos, e quem faz o bem dá orgulho a Nosso Senhor.

Portanto não duvide de que Deus está preparando a pessoa certa para cada um de nós. Confie n’Ele, pois quando chegar a hora certa, Ele enfim enviará a pessoa que fará sentido em nossa vida.

 

Texto escrito com exclusividade para o site O Amor. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.