3min. de leitura

PARA AS GAROTAS QUE NUNCA SE SENTEM SUFICIENTES…

Você continua dando pedaços de si mesma, na esperança de que alguma coisa fique. Isso acontecerá várias vezes, até que um dia você acordará e perceberá que não existe mais nada de si.


Você já entregou todas as partes de si mesma para as pessoas mais indignas. Mas você vai sobreviver. Você vai se elevar. Você vai aprender. E isso vai levar tempo.

Talvez seja porque você não é macia. Talvez ele pense que você é muito alta, muito grosseira ou indelicada. Talvez o seu coração seja uma coisa selvagem incapaz de ser domada. Talvez seja porque você não o bajule.

para-as-garotas-que


Mas está tudo bem. Não tem problema em não ser melosa. Você é assim porque a sua voz precisa ser ouvida. Você sabe o que quer da vida. Você vai aprender a não encolher-se por causa do amor, porque não é te traz nada bom. Se ele não te ama como a pessoa que você é, se ele não te valoriza, é hora de partir.

Você é o suficiente. Saiba disso.

Haverá momentos em que você ainda tentará. Você fará coisas que te obrigarão a engolir seu orgulho, coisas que farão você questionar a si mesma.


Você vai tentar ser menor e mais tranquila. Ser alguém diferente na tentativa de agradar. Não faça isso. Não reorganize-se. Você é absolutamente suficiente do jeito que é.

Você pode achar que precisa de alguém para acalmar essa parte dolorida do seu coração, mas não precisa.

Aprender a amar a si mesma é uma coisa difícil. Você vai ficar no espelho e fazer listas. Você terá uma lista definitiva de razões pelas quais te deixaram, porque você está sozinha tentando preencher os espaços vazios. Você vai ficar com raiva e tentar recuperar os pedaços de si mesma que perdeu. Mas com a raiva virá também a percepção de que essas pessoas não eram dignas. Você vai aprender de quem deve ficar perto ou longe. Vai levar tempo.

Vai sofrer menos um dia, eu prometo. Você é suficiente. Não deixe que ninguém lhe diga o contrário.

_________________

Traduzido pela equipe de O SegredoFonte: Thought Catalog


Gostou da nossa matéria? Clique aqui para assinar a nossa newsletter e receba mais conteúdos.



Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.