Relacionamentos emocionalmente abusivos são prisões cruéis! Não julgue aqueles que ainda não se libertaram



A maldade muitas vezes vem disfarçada de amor e cuidado, e só depois de um tempo mostra suas verdadeiras intenções.

Os relacionamentos emocionalmente abusivos são algumas das prisões mais cruéis que existem! Eles sugam todas as nossas forças e energias, ao ponto de não termos mais condições de nos levantar e conseguir e seguir em frente. Eles transformam nossa alegria e tristeza e nos fazem perder a esperança de que um dia poderemos ser felizes novamente. Seja mais empático e amoroso com as pessoas que passam por isso.

Ninguém gosta de estar em um relacionamento que apenas traz infelicidade, mas a saída nem sempre está visível. Muitas vezes leva tempo para percebermos que a outra pessoa está acabando com todas as coisas boas em nossas vidas. A maldade muitas vezes vem disfarçada de amor e cuidado, e só depois de um tempo mostra suas verdadeiras intenções.

Na maioria dos relacionamentos abusivos, as pessoas vivem em uma montanha-russa infinita.

Em determinado momento as coisas estão indo bem e parece que a felicidade está dominando o relacionamento, mas no momento seguinte a outra pessoa volta a ofender e humilhar, e esse ciclo se repete  infinitamente. Você acredita quando a outra pessoa diz que vai mudar, mas essa mudança nunca é permanente.

Na verdade, essa é apenas uma tática que o parceiro abusivo usa para manter o outro preso a ele. Ele sabe que você o ama e quer estar ao seu lado, por isso, de vez em quando, dá alguns sinais de que está disposto a mudar e tratar você melhor, mas ele não pretender realmente colocar isso em prática. Seu único objetivo é não deixar que você escape.

Quem vive um relacionamento abusivo sente a dor mais intensa que existe, aquela que consome de dentro para fora e faz com que a pessoa se perca de si mesma.

Cada dia é uma nova batalha a ser vencida, mas ao mesmo tempo as forças se acabaram há muito tempo. Em alguns momentos a única vontade que existe é a de sumir, de fazer com que a dor pare, de uma vez por todas, mas não se sabe como.

O único sentimento é o de estar preso, sem conseguir se mexer, e a única esperança está na outra pessoa.

Essa é uma sensação que não pode ser verbalizada corretamente, apenas quem vive um relacionamento como esse sabe exatamente do que se trata. A desesperança, a tristeza e o desespero são muito grandes e podem tomar conta do coração e da mente.



Um relacionamento abusivo não é um caso qualquer, do qual você pode se libertar a qualquer momento. É uma verdadeira armadilha emocional, que tira tudo o que você tem e o impede de caminhar, de viver sua própria vida. Não é simples de se resolver e nem sempre envolve apenas duas pessoas.

Cada um de nós vive uma própria jornada e passa por experiências completamente diferentes. A sua dor não é igual a dor do outro e você não sabe das batalhas que a pessoa ao seu lado pode estar enfrentando.

Pessoas em momentos de amor, precisam de mãos estendidas, não de dedos apontados.

Portanto, se algum dia conhecer alguém que está vivendo essa dor, não julgue, apenas mostre seu apoio. Isso pode ser o suficiente para despertar a esperança em seu coração.


Texto escrito com exclusividade para o site O Amor. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.


Direitos autorais da imagem de capa: Alexander Krivitskiy/Pexels.






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.