Se quisermos que nossos relacionamentos durem, devemos ouvir menos conselhos alheios e mais nossos corações

4min. de leitura

Quando passamos por algum momento delicado em nossos relacionamentos, é muito comum pedirmos conselho de um familiar ou amigo, especialmente aqueles que têm parceiros e compartilham uma realidade similar a nossa, por acreditar que essas pessoas compreendem nossa situação e serão capazes de nos oferecer alguma luz que torne o nosso caminho mais claro.



No entanto, a verdade é que as orientações alheias nem sempre são a melhor escolha.

Cada relacionamento é único e formado por duas pessoas diferentes entre si e de todas as outras que já estão em um relacionamento. Por isso, nem sempre o que funciona para outras pessoas funcionará para nós.

É fato que algumas regras são universais: os parceiros precisam estar comprometidos da mesma forma, é imprescindível haver respeito e amor, devem acrescentar em suas rotinas um tempo de qualidade juntos, entre muitas outras coisas. Entretanto, os relacionamentos são formados por muitas coisas que podem ir além e exigem uma solução específica para cada casal.

Se agirmos apenas baseados nos conselhos que outras pessoas nos dão, colocaremos nossos relacionamentos em risco.

Não devemos valorizar demasiadamente a visão de alguém que não está todos os dias conosco e não compreende nossa relação da mesma forma do que nós.


Se quisermos que nossos relacionamentos sejam saudáveis e duradouros, precisamos aprender que não devemos pedir conselhos aos outros em todos os momentos e que todos os conselhos que recebemos devem ser filtrados, para não cometermos o erro de aplicar em nossa vida algo que não condiz com a nossa realidade.

Na grande maioria das vezes, nossos corações e nossa intuição são muito mais eficientes em em nos guiar por um caminho certo, porque fazem parte de nós e estão alinhadas com tudo aquilo que vivemos.

Não é tudo que nós abrimos para outras pessoas. Existem algumas situações muito pessoais entre os casais e para que alguém realmente tenha uma opinião eficaz, é preciso que saiba de tudo que estamos vivendo.


Entretanto, nem sempre é bom expor a intimidade do seu relacionamento a terceiros.

É claro que isso não se aplica a casos de relações abusivas. Se percebemos que a nossa liberdade e saúde emocional são prejudicadas por nossos parceiros, devemos sim procurar por ajuda, especialmente ajuda profissional, porque nenhum de nós merece estar em um relacionamento que nos faça duvidar da existência do amor.

No entanto, para problemas comuns de relacionamento, em alguns casos devemos nos pautar muito mais pelas nossas mentes e corações, porque eles nos darão as respostas que precisamos para fazermos a coisa certa.

Lembre-se: os conselhos das pessoas certas são bons e podem nos ajudar em muitas ocasiões, mas em outras, ficamos muito melhor se ouvirmos o que nosso interior tem a nos dizer.


Texto escrito com exclusividade para o site O Amor. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.


Direitos autorais da imagem de capa: cena do filme “Amizade colorida”.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.