publicidade

“sobre o amor, rosas e espinhos…”

Saudade, tempo e espinhos..

Resolvendo ler algo nessa tarde fria a fim de uma distração e de esquecer um pouco esse estranho sentimento que me habita e que não consigo  definir, nem lidar, achei um texto muito bonito sobre o amor, a rosa e os espinhos.



Percebi, que ao me lembrar de você, estou fixamente presa nos espinhos e com um único objetivo, de arrancar você de dentro de mim.

Passaram-se meses e eu ainda me pego pensando em “Onde foi que nos perdemos mesmo?” Por que mesmo eu permanecendo em sua frente você não conseguia me enxergar?

E olha só a coincidência, eu continuo aqui, fazendo coisas para que se orgulhe e me enxergue.

Lembrando de alguns momentos  e não entendendo nada, vejo você seguindo e  fazendo tudo que um dia eu propus, mas com outras pessoas.


Sabe aquela parte em que nós  desejamos a felicidade, um ótimo caminho e que encontrássemos uma boa pessoa?!  Foi  a parte que mais odiei, porque eu desejava tudo isso pra nós, eu tentei ser a boa pessoa que desejei, queria que enxergasse que,como diz no texto, as rosas possuem sua beleza juntamente com seus espinhos e não estão dispostas a sempre florir, mas não é por esse motivo que o cuidado tem que deixar de existir, e sim, saber  identificar que a ausência de flores não significa a morte absoluta, mas o repouso do preparo!

Outra parte significante diz que quem não souber viver o silêncio da preparação não terá o que florir depois.

Almejo que isso um dia, faça parte de sua essência. Quanto a mim, sigo acreditando que o tempo resolverá essa estranheza e mesmo sem flores, quieta, cansada e dolorida, desejo que as  lembranças não se façam presentes, que minha felicidade não se baseie nos planos que fizemos ,(mas talvez nessa “felicidade” que me desejou)…


E por hoje decido não me preocupar em saber se a beleza de nossas antigas rosas ainda valem o incômodo desses espinhos.

__________

Trechos do texto: Sobre o amor, rosas e espinhos – Padre Fábio de Melo

Direitos autorais: logoboom / 123RF Imagens

Baixe o aplicativo do site O Amor e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Amor. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.