Um quase mantra…

2min. de leitura

Sinta.

Mesmo que seja um pouco, ainda que depois, você tente ser muito.
Mas sinta mesmo!
Os pés na areia, as mãos na água, o perfume que invade o coração, a risada espontânea, a ligação no fim da tarde, o abraço que já tem jeito de saudade, o beijo que tem gosto de lar.



Viva.

Intensamente, aos extremos, como quem aproveita esse breve instante que comumente chamamos de vida.
Mas viva mesmo!
De cabeça pra baixo, viajando, trazendo paz às guerras e levando caos aonde só há calmaria. Sem se preocupar com o que o vão dizer, apenas viva.

UM QUASE MANTRA - FOTO DE CAPA E FOTO 01

Saboreie.

Comidas, gostos, corpos, beijos, vida.
Sem medos, sem receios, aproveite, viva.


Engasgue-se, erre, caia.
Levante-se, jogue-se, respire.

Pras oportunidades da vida, seja mais ninho.
Viva em equilíbrio.
Busque dentro de si a verdade, tenha coragem para fazer as mudanças necessárias.
Não prenda-se à responsabilidades que não são suas.

UM QUASE MANTRA - FOTO 02


Nunca se esqueça de que as oportunidades que foram perdidas eram para serem perdidas, você se torna diferente a cada decisão que toma, se a oportunidade for realmente importante, ela voltará quando for o momento certo. Os erros, acertos, dúvidas, tudo isso culminou no agora, saiba que o importante é sorrir no final.

Arrependa-se depois de ter feito.
É consequência de ter vivido.
Só, por favor, não anestesie-se.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.